O Casamento da Ararinha-azul

espaçoMinistério da Cultura, Seguros Unimed e Politriz apresentam

Trailer O Casamento da Ararinha-azul

Um filme de Marcelo Branco baseado na premiada obra literária de Angelo Machado.

Trailer O Casamento da Ararinha-azul
1 of 1

espaço

Angelo Machado, o pai da Ararinha-azul

Angelo Machado, o pai da Ararinha-azul

Em 2007, Marcelo Branco e Juliana Amaral visitaram o premiado escritor, cientista e ambientalista afim de pedir permissão para a adaptação de sua obra literária.

Lançamento em Curaçá/BA

Lançamento em Curaçá/BA

Em parceria com a SAVE Brasil, tivemos a honra de lançar o filme na cidade em que viveram as últimas ararinhas-azuis livres na natureza e que inspirou o autor a criar a fictícia Sacurá.

Trabalho em Equipe

Trabalho em Equipe

A produção d’O Casamento da Ararinha-azul contou com a participação de vários talentos. Dentre eles: Luiz Marcelo (Ará), Luciana Barbosa (Ararinha-azul) e Danislau Tb (Ararinho).

Reconhecimento

Reconhecimento

Prêmio Especial do Júri no Curta Amazônia, em Porto Velho/RO | Prêmio de Melhor Filme Júri Popular no FATU Festival Brasileiro de Filmes de Aventura, Turismo e Sustentabilidade, em Paraty/RJ | Filme Convidado na CINEOP 2013 Mostra de Cinema de Ouro Preto/MG | Exibição no 10º Samba Fest, no Trinity College, em Hartford/CT, USA

Parcerias para a conscientização ambiental

Parcerias para a conscientização ambiental

Contamos com parceiros que são essenciais na difusão dos DVDs: Secretarias de Educação e os acervos Filme em Minas, IBAMA/Ministério do Meio Ambiente, SAVE Brasil e Sesc.

Pesquisa e pré-produção

Pesquisa e pré-produção

O roteiro contou com a supervisão de Angelo Machado. A pesquisa sobre os movimentos das aves e as referências de Curaçá/BA enriqueceram a estética do filme.

Repercussão nas escolas

Repercussão nas escolas

O livro (que já fora adaptado para teatro profissional) gerou a animação 2D que, em duas edições, já distribuiu 10 mil DVDs nas escolas inspirando muitas ações de arte e educação…

Repercussão nas escolas

Repercussão nas escolas

Como na peça teatral montada no Colégio Crescer, em Belo Horizonte. É nítida a referência do ator mirim, inspirando-se no personagem Apeiá, o último índio da tribo Tupiná.

Repercussão nas escolas

Repercussão nas escolas

Os pretendentes na peça de teatro escolar inspirados no filme. Temos recebido desenhos, textos e fotos dos nossos principais parceiros: os educadores de todo o Brasil!

espaço

INCENTIVO À CULTURA

espaço